Nakata enfatiza a importância da qualidade de peças automotivas

 
Para garantir eficácia na manutenção do veículo, a qualidade da peça é um fator primordial e que deve ser levado a sério. “Peças de marcas tradicionais do mercado passam por diversos testes e rigoroso controle de qualidade, garantindo, assim, não só todos os requisitos pelos quais foram projetadas, mas também que não ocorram problemas quanto à falha de projeto ou fadiga do material”, afirma Jair Silva, gerente de qualidade e serviços da Nakata.
 
Para evitar peças sem procedência e garantir a segurança no trânsito, Silva recomenda comprar componentes de marcas tradicionais do mercado e com certificado de garantia e o selo de qualidade do INMETRO no caso, por exemplo, dos amortecedores. “Desconfie também de itens com preços muito abaixo do mercado e fuja de produtos recondicionados”, ressalta.
 
Peças recondicionadas não são indicadas para itens de suspensão, freios e direção. “Grande parte dos amortecedores recondicionados conta apenas com a substituição do fluido, os outros componentes que já perderam a vida útil permanecem os mesmos”, exemplifica.
 
Silva destaca que peças sem procedência ou produzidas com matérias-primas inferiores podem colocar em risco a segurança no trânsito e elevar os custos de manutenção, uma vez que podem forçar e desgastar prematuramente outros componentes
 
Compartilhe