Sindirepa-SP e Schaeffler rebatem críticas sobre troca de correia dentada

Sindirepa-SP e Schaeffler se manifestam sobre polêmica matéria de Boris Feldman que condena a troca simultânea do tensor do rolamento da correia dentada

O Sindirepa-SP – Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de São Paulo, vem a público esclarecer a informação equivocada veiculada no canal do Auto Papo sobre troca de tensor quando junto com a correia dentada que, segundo o apresentador Boris Feldman, é uma prática indevida, contrariando a norma de serviço ABNT NR 15759: 2011.

A matéria veiculada no canal, no dia 21 de agosto de 2021, traz à tona novamente esta questão após uma década que o apresentador abordou o mesmo ponto de vista, colocando os reparadores novamente em uma condição delicada equivocadamente para criar polêmica e dar a impressão que o serviço da troca da correia dentada e do tensor ao mesmo tempo é uma prática realizada para tirar vantagem do consumidor, o que não é verídico.

Desta vez, nesta abordagem, agora, para piorar a situação, Boris envolveu a fabricante Schaeffler para dar sustentação ao seu discurso altamente inflamado e polêmico, colocando uma informação distorcida em seu portal. Também frisou que os problemas gerados no rolamento do tensor da correia são provocados pelo ajuste irregular quando é feita a sua montagem.

A Schaeffler, por sua vez, se manifestou com um comunicado posterior à veiculação da matéria, assinado pelo vice-presidente Sênior Aftermarket, Rubens Campos, e pelo gerente de Assistência Técnica e Produto, Thiago Martins, destacando o seu posicionamento em carta de retratação publicada no portal que também foi amplamente divulgada no mercado.

No comunicado, a fabricante das marcas de rolamentos INA e FAG faz questão de ressaltar que reconhece a importância e a seriedade do trabalho desempenhado pelos reparadores e que qualquer menção, sugestão ou indução de modo a desqualificar o trabalho dos profissionais não condiz, de forma alguma, com o posicionamento da marca.

Em outro trecho, a empresa destaca a seguinte informação: “Importante ressaltar que a vida útil está relacionada às condições de uso, quais sejam, variáveis como o meio de operação (condições do ambiente), uso severo como reboque ou trânsito intenso, além das próprias condições de manutenção do veículo em geral. Alinha-se a isso a necessidade de análise de cada profissional reparador em relação à manutenção preventiva recomendada para cada um de seus clientes. Quanto aos rolamentos, como são componentes dos tensores, o que dita no momento da substituição é a análise do conjunto completo do tensor e não apenas o componente”.

Quanto a problemas no tensor a empresa discorre: “Uma possível falha considerada prematura em um tensor pode ser originada por diferentes variáveis, tais como: condições de operação, contaminação pelo ambiente e também pela condição geral de manutenção do veículo, portanto não é só a quilometragem rodada que deve ser observada, lembrando também que o veículo mesmo parado no trânsito e o motor em operação os sistemas estão sendo exigidos, como por ajustes quando esses são necessários. Uma vez identificado o componente avariado, a necessidade da substituição de outros itens periféricos do sistema será indicada pelo profissional reparador, visando uma manutenção preventiva e segura para o cliente. Para as questões relacionadas ao ajuste do sistema de tensionamento ou qualquer outra associada aos produtos da Schaeffler e em casos de dúvidas estas podem ser sanadas via os canais de atendimento da Schaeffler, sendo eles: 0800 011 10 29, sac.br@schaeffler.com, contato direto com os 2 PUBLIC técnicos da Schaeffler, plataforma REPXPERT, e também por meio de visitas técnicas. Além disso, oferecemos os treinamentos técnicos, visando à capacitação constante dos nossos clientes e de toda a rede”.

“Dito isto, com relação à troca de tensor simultânea à correia dentada, a Schaeffler recomenda que seja analisado o manual do fabricante, bem como também sejam verificados os elementos periféricos. Importante ressaltar ainda que além do manual do fabricante, para garantir uma maior eficiência na troca e uma melhor vida útil, é de extrema importância que também sejam checados (i) os manuais de instalação e (ii) a Norma ABNT NBR 15759:2011, suas eventuais atualizações e as demais normas que possam orientar este assunto. Por fim, a Schaeffler reforça que quaisquer matérias publicadas com teores diferentes do descrito neste comunicado, não refletem o posicionamento da Schaeffler Brasil Ltda e devem ser interpretadas exclusivamente como do ponto de vista/opinião pessoal do próprio redator.”

Para conferir a matéria, acesse o link: https://autopapo.uol.com.br/noticia/fabricante-confirma-troca-de-rolamento-correia-dentada-picaretagem/. No site do Sindirepa-SP, wwww.portaldareparacao.com.br, também está disponível a carta da Schaeffler.

Em nome do setor de reparação de veículos, o Sindirepa-SP lamenta que situações como esta que acabam denigrindo a imagem dos profissionais desnecessariamente, além de prejudicar empresas idôneas e que buscam garantir serviços de qualidade aos seus clientes e geram milhares de empregos.

Atenciosamente,  Antonio Fiola, presidente do Sindirepa-SP e Sindirepa Nacional

Compartilhe