Carros elétricos, economia e sustentabilidade: o uso de plásticos nesse elo

Globalmente, as vendas de veículos elétricos cresceram 140% no primeiro trimestre desse ano. De acordo com a Agência Internacional de Energia (IEA), foram 1,1 milhão de unidades vendidas. O Brasil também teve aumento na eletrificação da frota em 2021: este ano tivemos o melhor quadrimestre da história no nosso mercado, com 7.290 veículos vendidos – o que representa um aumento de 29,4% comparado ao ano passado. Sabemos que a frota de carros elétricos ainda é pequena no Brasil, porém, os dados mostram que as vendas não param de crescer.

O carro elétrico tem evoluído constantemente e traz uma série de benefícios, como não emitir gases poluentes e ter um consumo de energia eficiente. Muitos países já adotaram metas agressivas de conversão de sua frota para veículos elétricos e, embora no Brasil ainda não haja uma meta definida, o apelo de sustentabilidade tem promovido um aumento das vendas. Prova disso é que tem sido cada vez mais comum encontrar em shoppings e outros tipos de estabelecimentos vagas que são exclusivas para recarga de veículos elétricos e híbridos. Isso deixa claro que, se até pouco tempo atrás o tema era apenas uma tendência, agora ele já começa a se tornar uma realidade – e que ainda colabora com o meio ambiente, a partir de tecnologias limpas e sustentáveis.

O plástico de engenharia tornou-se um grande aliado nessa revolução dos elétricos, pois esses modelos precisam ser cada vez mais leves, buscando a máxima eficiência energética. Além disso, o plástico de engenharia oferece versatilidade de design, simplicidade na manufatura, rapidez no desenvolvimento e menor impacto ambiental na produção de cada componente.

Como uma das principais fornecedoras de plásticos de engenharia, a BASF possui um extenso portfólio para aplicação automotiva que são utilizados, por exemplo, na produção de sensores, conectores, sistemas de iluminação, painéis, carroceria, assentos, entre outros.  A expertise da BASF, em cocriação com os clientes, viabiliza iniciativas inovadoras e dedicadas na busca de novas aplicações, que são facilitadas através de programas de simulação próprios da BASF, acelerando o processo de desenvolvimento e reduzindo custos do projeto, além promover menores impactos ambientais.

Sabemos que os veículos elétricos representam um grande avanço em termos de tecnologia e que ainda têm pela frente um campo amplo para desenvolvimento de inovações, que ajudarão a transformar a mobilidade para um futuro mais sustentável e econômico.

Novos desafios à frente!  E a sua empresa, como tem se preparado para um futuro com produtos e serviços cada vez mais versáteis, econômicos e sustentáveis?

* Jefferson Schiavon (foto), diretor de soluções para transportes do negócio de Materiais de Performance da BASF

Compartilhe