Nakata alerta: Instalação do pivô de suspensão exige avaliação da bandeja

Alojamento da bandeja ovalizado, deformado ou alargado podem comprometer a montagem do pivô

Conhecido também como pino esférico ou articulação, o pivô de suspensão, responsável por conectar  o chassi do carro a componentes como o telescópio e manga de eixos, merece alguns cuidados na hora da manutenção. Ao substituir o pivô de suspensão é fundamental analisar o estado da bandeja, especialmente, no alojamento. “O alojamento não pode estar ovalizado, deformado ou alargado, pois e! stes defe itos comprometerão a montagem do pivô, podendo ocasionar barulho e até soltura da peça”, alerta Thaynan Bocchi, assistência técnica Nakata. Assim, se a bandeja não tiver em boas condições e preparada para receber a instalação do pivô novo será preciso substituir todo o conjunto.

Na hora da instalação, será necessário prensa hidráulica e diversos dispositivos para evitar não só a prensagem desalinhada, mas também que a carga seja aplicada na tampa do pivô, o corretor é aplicar a carga   na aba da carcaça forjada. “Jamais use martelo, pois poderá danificar a tampa e o pivô”, adverte.

Lembra também que é possível rasgar a coifa no início da montagem devido a interferência com o  alojamento na hora da prensagem. “alguns casos mais críticos a Nakata comercializa o pivô com a coifa desmontada, permitindo fazer a instalação sem danificá-la”, comenta. Assim, é possível prensar o pivô na bandeja tranquilamente, fixar o anel elástico no alojamento de modo que a peça fique travada. Em seguida, fazer a montagem  da coifa e anéis sem complicações. “A durabilidade do pivô depende especialmente do estado da coifa”, afirma.

Recomenda ainda ter atenção para que o ambiente esteja limpo para que a graxa não seja contaminada.

Para acessar esta e outras dicas, basta acessar https://www.youtube.com/watch?v=6snE15ZdX4s.

Compartilhe