ZF reproduz a transmissão esportiva S5-325 para o DB5 prata de James Bond

A ZF e a Aston Martin têm cooperado com muito sucesso desde os anos 1950 – a montadora britânica de carros esportivos é um dos clientes mais antigos da empresa de tecnologia que opera globalmente. Na época, a ZF produzia a transmissão esportiva manual de 5 velocidades S5-325 para o DB5. Em nome da Aston Martin Lagonda, a ZF Tradition, área da ZF responsável por reparos e reproduções, agora reproduziu essa transmissão, depois de quase 60 anos – para a reprodução especial de 25 unidades do DB5 “Goldfinger” originais com todos os gadgets especiais de James Bond presentes nos veículos.  Os novos carros foram fabricados após encomendas de colecionadores e para caridade.

Quase todo mundo conhece o carro de filme provavelmente mais famoso do mundo – o Aston Martin DB5 prata. A Aston Martin Lagonda encomendou à ZF a reprodução da histórica transmissão esportiva S5-325 para a reprodução autêntica e exclusiva do carro. Todas as 280 peças individuais foram fabricadas com as tecnologias de produção mais recentes. A cúpula do câmbio de marchas foi fabricada por impressão 3D na fábrica da ZF em Pilsen, na República Tcheca. Como um dispositivo de filme especial, a alavanca de mudança foi modificada. Um orifício de dois milímetros teve que ser perfurado na alavanca de mudança para acomodar um cabo que simula o assento ejetável. O botão de mudança possui uma aba que pode ser aberta, com um outro botão por baixo.

História antiga – novo remanufaturado: ZF S5-325 para Aston Martin DB5.

O S5-325 foi e é muito popular entre os motoristas esportivos – ele foi instalado em inúmeros super carros dessa classe, de sua época. Uma vez que todas as cinco marchas à frente são sincronizadas com travamento, mesmo os motoristas menos experientes podem realizar mudanças de marcha rápidas, seguras e silenciosas, sem dupla embreagem ao engatá-las. Podem ser alcançados até 400 Nm de torque permitido, dependendo da relação.

A transmissão ZF-Synchroma tem cinco velocidades, além da marcha à ré; o sincronizador de bloqueio ZF é instalado em todas as velocidades. Somente a marcha à ré vem com engate de engrenagem deslizante. Os pares de engrenagens das marchas à frente estão constantemente engrenados. Enquanto uma engrenagem correspondente a cada velocidade é fixada firmemente, o rolamento pode rodar livremente. Durante o processo de mudança, ele é acoplado ao seu eixo por meio do deslocamento de uma luva deslizante de acoplamento, de modo que o fluxo de energia seja encaminhado por meio do par de engrenagens correspondente.

Os acoplamentos estão protegidos contra desengates. Na marcha à ré, o sentido de rotação da saída é alterado pelo deslocamento intermediário da ré. Os mecanismos de travamento garantem que apenas uma marcha possa ser engatada por vez. É possível ainda conectar o velocímetro. As engrenagens e eixos são construídos com liga de aço inoxidável e são endurecidos, ou seja, passam por um tratamento que forma uma fina camada de metal mais duro na superfície;mo sistema funciona em rolamentos. Engrenagens dentadas helicoidais, flancos de dente retificados e alta precisão durante a produção garantem transmissões silenciosas.

As peças de maior desgaste e mais importantes, bem como revisões e reparos da transmissão, estão disponíveis para várias versões de veículos antigos que podem circular legalmente nas ruas. Conforme necessidade, as peças também podem ser reproduzidas mediante solicitação.

Compartilhe