BYD bate recordes de vendas e está entre as 4 montadoras mais valiosas

Pelo 5º mês consecutivo, BYD estabelece novo recorde de vendas de 80.003 automóveis elétricos em outubro.De acordo com os dados oficiais de outubro, a BYD vendeu 88.898 automóveis, com o crescimento de 90,9% ao ano e 12,5% ao mês, comparado ao ano de 2020. Especificamente, as vendas de veículos elétricos atingiram 80.003 unidades, subindo 262,9% em relação ao ano anterior. No final de outubro, as vendas anuais acumuladas de automóveis BYD atingiram 530.000 mil unidades.

BYD entrega 80.003 automóveis elétricos em outubro

A contribuição contínua da tecnologia DM-i alimentou ainda mais o sucesso do modelo DM, que contemplou 38.771 unidades vendidas em outubro, um aumento de 444,1% em comparação a outubro do ano passado, posicionando a BYD como um player dominante no mercado de veículos híbridos plug-in da China. Globalmente, o modelo DM-i também detém uma posição importante. O Qin Plus DM-i e o Song Plus DM-i ocuparam o 4º e 8º lugar, entre o mercado mundial de veículos elétricos híbridos plug-in em agosto, com vendas de 13.043 e 8.731 unidades respectivamente, de acordo com dados de EV SALES/EV VOLUME.

O sucesso dos veículos elétricos a bateria BYD resultou em um crescimento constante nas vendas, com 41.232 unidades vendidas em outubro, mantendo sua liderança em um mercado de veículos elétricos a bateria local em rápido crescimento.

BYD Han, o principal sedan elétrico da série Dynasty, vendeu 11.087 unidades em outubro. De acordo com a Associação de Automóveis da China (CPCA), o BYD Han ficou em segundo lugar no ranking de vendas de sedãs, com vendas de 10.248 unidades em setembro. Até o momento, as vendas acumuladas do BYD Han ultrapassaram 130.000 unidades, com aumentos por sete meses consecutivos.

A plataforma BYD e-platform 3.0 é uma solução para os problemas de segurança relacionados à bateria de veículos elétricos e para o aumento da autonomia em baixas temperaturas. Essa nova plataforma alterará o estereótipo do BYD EA1, o primeiro modelo construído sobre esta plataforma, que também ficou popular no mercado com 6.018 unidades vendidas em outubro, tornando-se o maior contribuinte para o mercado de veículos de novas energias com preços em torno de RMB 100.000.

No dia 28 de outubro, a BYD lançou seu relatório financeiro para o terceiro trimestre de 2021. De acordo com o relatório, a BYD alcançou uma receita operacional de 54,306 bilhões de RMB nesse período, um aumento de 21,98% em relação a 2020. Mais notadamente, a empresa investiu mais de 5,23 bilhões de RMB em Pesquisa e Desenvolvimento durante os três primeiros trimestres.

Segundo o site Companies Market CapLogo, logo no início de novembro, a BYD já ultrapassa $140 bilhões de dólares de valor de mercado, tornando-a a 4ª empresa mais valiosa no setor automobilístico, à frente de renomadas montadoras como a GM, Ford, BMW e Ferrari.

Nos primeiros dez meses do ano ocorreram quedas em diferentes níveis de vendas no mercado automotivo, devido à escassez de chips em toda a indústria automotiva. No entanto, a BYD se manteve alcançando altos recordes de vendas, graças a suas tecnologias principais como a Bateria Blade, a tecnologia DM-i e o e-platform 3.0, tornando-se uma das maiores montadoras na China e até mesmo do mercado global de veículos elétricos.

Compartilhe