Nova certificação do IQA reconhece competência de vendedores de autopeças

Lançamento da certificação foi realizada na última sexta-feira (28/04), na Automec, e pretende atingir cerca de 180 mil profissionais do mercado de venda de peças e acessórios veiculares do País

Redação Balcão Automotivo

Reconhecer as competências técnicas e trazer um diferencial competitivo para o profissional que atua no comércio varejista de peças e acessórios para veículos. Esse é o objetivo da nova certificação de vendedores de autopeças do IQA – Instituto da Qualidade Automotiva lançada, na última sexta-feira (28/04), na Automec – 15ª feira internacional de autopeças, equipamentos e serviços, em São Paulo (SP).

A certificação foi desenvolvida com o apoio institucional do Sincopeças (Sindicato do Comércio Varejista de Peças e Acessórios para Veículos). O intuito é atingir um mercado formado por cerca de180 mil profissionais que trabalham em mais de 62 mil estabelecimentos comerciais de autopeças em todo o Brasil.

A iniciativa é um reconhecimento de que o profissional está qualificado tecnicamente para prestar o serviço e impulsionar os resultados em vendas do negócio. “Essa certificação é uma importante ferramenta para elevar o nível de qualidade e resultados do varejo automotivo, ao capacitar seus profissionais a oferecerem um atendimento ainda mais especializado e eficiente aos clientes”, afirma o superintendente do IQA, Alexandre Xavier.

A normalização está alinhada às atuais necessidades do segmento que exige dos profissionais conhecimentos técnicos, pois trabalham com uma variedade de produtos de marcas e modelos diferentes. “A certificação do IQA será um mecanismo para que o setor de autopeças nacional cresça com qualidade e muito mais sólido”, destacou o presidente do Sincopeças Brasil, Ranieri Leitão.

Processo de certificação

A certificação atende instruções da norma ABNT NBR 16999:2021 que estabelece os requisitos e a sistemática para qualificação de vendedores de peças automotivas. Para obter o reconhecimento, o profissional precisa realizar uma prova online com 50 questões.

O exame avalia os conhecimentos e habilidades do participante sobre estrutura e componentes veicular, aplicação e consulta do catálogo de peças, compatibilidade e intercambialidade de componentes, informática básica, processo de garantia e atendimento ao cliente, e quesitos ambientais relacionados ao descarte e reciclagem adequada, conforme legislação vigente.

A certificação de profissionais de autopeças é de carácter voluntário, com validade de 36 meses (no 1º ciclo). A inscrição tem o valor de R$ 150,00 e a prova é realizada online. Em caso de reprovação, o candidato tem a possibilidade de refazer o exame uma vez. O certificado pode ser obtido por profissionais com ensino médio completo ou superior, que possuam experiência mínima de dois anos na área ou treinamentos técnicos específicos, como reparação automotiva ou de atendimento em lojas de autopeças.

Sobre o IQA

Criado em 1995 por entidades do setor e do governo, o IQA — Instituto da Qualidade Automotiva é uma organização sem fins lucrativos de desenvolvimento e disseminação da Qualidade no Setor da Mobilidade, com objetivo de proporcionar mais segurança ao consumidor, a partir de produtos, sistemas e pessoas com qualidade assegurada mediante certificações compulsórias ou voluntárias.

Representante de órgãos internacionais e acreditado pela CGCRE — Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro como organismo de certificação, promove treinamentos presenciais e online, conteúdo técnico em publicações/estudos técnicos, inspeções e ensaios de laboratório, com uma cultura de inovação e proximidade às necessidades das organizações e sociedade.

Compartilhe