Revisão do sistema de freio deve ter limpeza e lubrificação das partes móveis

Cuidados importantes que protegem e ajudam a preservar a vida útil de pastilhas e sapatas de freio  

Redação Balcão Automotivo

O sistema de freio do veículo é formado por várias peças, as mais conhecidas são pastilhas, sapatas, discos e tambores, mas há outros componentes que atuam em conjunto para garantir segurança e eficiência nas frenagens. Existem as partes móveis que compõem o sistema hidráulico, como pinças de freio. Quando ocorre a revisão do sistema de freio, é necessário, além de verificar as condições de desgaste das pastilhas, discos, sapatas e tambor, checar também as condições das pinças e dos pinos deslizantes. Segundo Luciano Costa, gerente da Jurid, fabricante de componentes de freio, todos os itens do freio estão interligados e sofrem desgaste, por isso, a checagem das condições de cada um faz parte dos cuidados na manutenç&atil! de;o.

O mais comum são as pastilhas de freio acabarem sofrendo desgaste de forma mais acentuada em menos tempo que os outros itens por serem compostas por material abrasivo para promover atrito com o disco. Inclusive, Costa explica que a troca na hora certa da pastilha, evita danos a outros itens, como o disco.

Quando o desgaste natural da pastilha ocorre, pode ser identificado com mais facilidade se a mesma for equipada com sensor eletrônico ou mecânico. Além da substituição das pastilhas, sempre aos pares, é importante que os outros itens sejam limpos como as pinças, pinos deslizantes e componentes de borrachas como sanfonas e guarda-pós” complementa.

Lubrificação contribui para preservação de pastilhas

O processo de lubrificação dos pinos deslizantes é necessário para evitar o travamento da pinça de freio. “Para realizar esse processo de lubrificação, o ideal é utilizar produto adequado que não agrida as borrachas e que suporte no mínimo 600°C para não derreter e assim garantir o bom funcionamento da pinça”, explica.

Fabricado para suportar temperaturas extremas (-50°C a 1650°C), o BL-20 da Jurid vem com pincel aplicador na embalagem que facilita a sua utilização e atua para evitar desgaste, corrosão, oxidação e não prejudica as borrachas do sistema de freio. “Também é importante para que não aconteçam travamentos que podem resultar no espelhamento do material de atrito da pastilha por superaquecimento resultando possivelmente em ruídos e perda de eficiência do freio, além de preservar a vida útil das pastilhas, bem como garantir a proteção contra contaminação da! s pe&cced il;as por água e sal e outras substâncias.

A Jurid possui linha de lubrificante BL-20 e amplo portfólio de pastilhas e sapatas de freio e fluidos para o mercado de reposição, atendendo a frota circulante de veículos.

Para saber mais, consulte o catálogo virtual: http://juridbrakes.com.br/catalogo/

Compartilhe