Sindirepa-SP aponta quais são os desafios ambientais no setor de reparação

Para atender às legislações ambientais, é necessário realizar gerenciamento de resíduos automotivos nas oficinas

Redação Balcão Automotivo

A destinação dos resíduos automotivos, em estado líquido e sólido, é motivo de crescente preocupação do Sindirepa SP, e dos órgãos ambientais que, através de rigorosa fiscalização, tem obrigado as empresas a cuidados minuciosos com seus resíduos, durante todo o processo, desde sua correta classificação, tratamento, coleta, transporte, até a sua destinação. Este tema tão importante, principalmente no Dia Mundial do Meio Ambiente (05/06), é apresentado pela especialista no assunto, Judi Cantarin que faz serviço de assessoria ambiental e tem parceria com o Sindirepa SP, e explica como funciona esse trabalho importante para que as oficinas possam cumprir as exigências ambientais.

O Gerenciamento de resíduos

O gerenciamento de resíduos é um conjunto de ações nas etapas de coleta, transporte, transbordo, tratamento, destinação e disposição final, que de forma efetiva e sistêmica seja ambientalmente adequada, de modo a proteger o ecossistema nos entornos de todas as etapas destes processos.

É necessário entender que causar poluição ou danos a saúde pública, à fauna e a flora, é crime ambiental e tem como pena a reclusão de uma a cinco anos. Além de penalidades civis e administrativas contra os responsáveis a manipulação, armazenamento, coleta, transporte, reutiliza, recicla ou dá destinação final a resíduos perigosos de forma diferente da estabelecida em lei ou regulamento estará sujeito a pena de um a quatros anos de reclusão. Essas e diversas outras regulações são estabelecidas na Lei N° 12.305/2010 que rege o gerenciamento de resíduos sólidos.

Fluxo de Gerenciamento de resíduos

As oficinas mecânicas geram resíduos contaminados. Esse tipo de resíduo necessita de tratamento especial e sua gestão adequada é o primeiro passo para que as oficinas mecânicas contribuam para a preservação ambiental. Por isso, os resíduos perigosos, devem ser armazenados transportados e destinados de forma ambientalmente correta.

 As oficinas mecânicas devem

  • Realizar seu cadastro no sistema de emissão de MTR ONLINE- SIGOR. *
  • Realizar a entrega dos relatórios conforme solicitado pelo órgão responsável.
  • Possuir contrato com empresas homologadas para descarte de resíduos sólidos, líquidos e óleo usado ou contaminado – OLUC.
  • Realizar auditoria na contratação para garantir que todas as responsabilidades de descarte de resíduos serão atendidas.
  • Possuir licença ambiental
  • Elaborar o PGRS – Plano de Gerenciamento de resíduos.

Quer saber mais sobre Gerenciamento de resíduos em oficinas mecânicas?

Entre em contato com nossa área de suporte ambiental:

  • Judi Cantarin
  • Assessoria Ambiental – Sindirepa SP
  • judi.cantarin@gmail.com
Compartilhe