Produção do kit de transmissão da Nakata para motocicletas segue o INMETRO

Redação Balcão Automotivo

A Nakata, fabricante de autopeças para o mercado de reposição, apresenta características do kit de transmissão que é responsável por levar potência do motor para a roda traseira da moto e é composto por coroa, pinhão e corrente.

Os kits de transmissão Nakata são produzidos com os melhores materiais, processos e controles de qualidade disponíveis na indústria, atendem às exigências do INMETRO e garantem durabilidade e segurança aos motociclistas.

A coroa é produzida em aço carbono SAE 1045. Seus dentes recebem tratamento térmico para elevar a dureza, aumentando a resistência ao desgaste. Conta também com tratamento zincado, que forma uma camada protetora contra oxidação.

O pinhão, por sua vez, é de aço liga 20CrMnTi, que possui muita resistência para suportar altas cargas mecânicas que são geradas durante a pilotagem, maximizando a vida útil do componente.

Completando o kit, a corrente Nakata é reforçada com placas e buchas de rolo de alta dureza, desenvolvidas para resistir a alta rotações e aos esforços de aceleração e redução. Os pinos possuem quatro pontos de rebitagem garantindo máxima segurança. Além disso, há opções que utilizam retentores do tipo O’Ring que diminuem ruídos e blindam a lubrificação interna, protegendo a corrente contra a entrada de impurezas como poeira e água, garantindo maior conforto na pilotagem e longa a vida útil dos componentes da transmissão.

Outro diferencial do kit de transmissão da Nakata é a embalagem especial, desenvolvida para proteger os componentes. Para isso, além de lacrados e lubrificados, são acomodados em um berço interno que mantém o produto estático durante o transporte e a armazenagem.

A marca conta com ampla gama de aplicações para o mercado de reposição nacional, com uma cobertura de 80% da frota de motocicletas.

O portfólio completo da Nakata está disponível no link:

https://www.catalogonakata.com.br/

Compartilhe